Promotoria Eleitoral aciona candidatos por compra de votos em Clevelândia

0
1069

A Promotoria Eleitoral de Clevelândia, no Centro-Sul paranaense, ajuizou ação de investigação judicial eleitoral por abuso do poder econômico contra o prefeito e o vice-prefeito da cidade, candidatos derrotados à reeleição, no pleito deste ano.

Investigações do Ministério Público apontaram que os dois teriam praticado “compra de votos”, fornecendo vales-combustível a possíveis eleitores. Os vales teriam sido distribuídos por um cabo eleitoral, sobretudo na empresa do pai do prefeito, ambos também réus na ação.

Na ação, o Ministério Público requer a condenação dos réus às penas previstas no inciso XIV do artigo 22 da Lei Complementar 64/90, cujas principais sanções são a inelegibilidade por um período de oito anos e o pagamento de multa de 50 mil Ufir (aproximadamente R$ 150 mil).

 

Fonte: RBJ